Alquimia do ÍZ

0

Ian Baiocchi, é chef proprietário de quatro restaurantes em Goiânia. Mas esta semana ele convidou o chef Fabrício Lemos e Lisiane Arouca para elaborarem um jantar de aniversário em comemoração aos quatro anos do Íz.

O conceito de experiência gastronômica do chef Ian é que o cliente deve, ao entrar no restaurante, se libertar de preconceitos e estar aberto a experimentar novos sabores, ou sabores já conhecidos, mas usados de maneira inovadora e criativa. Com tanta experiência acumulada, em tão pouco tempo, Ian, – “o chef pra lá de lindo” – elaborou um cardápio cheio de aventuras gastronômicas.

Ian Baiocchi

Cozinha

As opiniões na cidade – com respeito à sua mágica da Gastronomia, e sobre sua arte cozinha – era uma verdadeira chapa quente, bastante agitada em relação ao fato do quanto sua cozinha se mostra elegante.
Fiquei muito curiosa para conhecer o trabalho dos outro dois chefs. Em uma terça-feira á noite com um céu cheio de estrela e com a lua iluminando o lugar, eu fui, com as jornalistas Cristina Ribeiro e Rafaella Clemonez, ao restaurante onde nos sentamos em um canto numa pequena mesa e pudemos nos deliciar a atmosfera de alto astral, enfim, um canto diferente e leve, no setor Marista. Então o mestre da bandeja, que, calado, somente exerce sua função, abriu o vinho e serviu nossas taças, quase que brincando em ser profissional, um show e verdadeiro slow motion, chamando a atenção pelo treinamento a que foi submetido.
Logo em seguida me chega o chef “lindo de morrer, digo, de viver” que, falante, começou a descrever sua cozinha. Em um curto espaço de tempo mergulhei em sua história que me encantou pela técnica com toque de mágica, quando ouvi da atendente, à mesa, se eu teria alguma restrição com relação à algum produto, ao que, de imediato, respondi indagando se ali teria o show gastronômico e, o mais importante, se os produtos eram frescos. A funcionária explanou a rotina do restaurante ao garantir que, ali, todos os produtos chegam, todos os dias, e, frescos. Encurtando a história, quando chegou a primeira entrada, Bombom de queijos Brasileiros, e Marmelada Santa Luzia, foi uma explosão de sabores.

Chef Fabrício me surpreendeu com Robalo, Aji, Coco, Crispy de Milho, Sagu, Milho Assado. Eu pensei que estava no céu ajoelhada declamando poesia. Foi uma surpresa de sabores que tocou minha alma. Para finalizar, a chef Lisiane, me surpreendeu com seu toque doce e suave em sua sobremesa. Meu paladar se encheu de leveza e romance ao saborear o doce de leite escorregadio na minha boca. Naquele nostálgico jantar, pude saborear uma das melhores experiências em sabores da minha vida. Fiquei feliz de me deliciar a gastronomia refinada e chic de três chefs incríveis.

 

 

 

Por Edna Gomes

Compartilhe

Deixe sua interação